Crochetagem – Fibrólise Diacutânea

É uma técnica miofascial que usa ferramentas para liberar os tecidos aderidos (fáscia). Foi introduzida no Brasil em 2000.

O objetivo da técnica é reorganizar as fibras elásticas do tecido conjuntivo evitando a fibrose.

O espasmo muscular é um estado de contração constante do músculo. O Sistema Nervoso envia mensagens aos receptores no músculo para contrair. A contração excessiva gera um acúmulo de lixo metabólico pela falta de aporte sanguíneo. A crochetagem vem relaxar esta musculatura contraída liberando a fáscia destes músculos em tensão por Inibição Recíproca (trabalhando o músculo antagonista).

Os instrumentos usados na crochetagem são:

-GANCHOS: função de raspar e tracionar

-TRIÂNGULO: drenar e inibir

-PONTEIRA: inibir pontos gatilhos